…Após um mês (e pouco) de voltar…

Já faz mais de um mês que cheguei e ainda sinto que estou chegando:

… Integrando as emoções de um intenso encerramento do meu ciclo no Brasil;

… Sentindo falta de pessoas importantes do meu dia a dia brasiliense;

… Reencontrando – aos poucos, com muita calma e presença – pessoas queridas deste lado do oceano e me enriquecendo a cada reencontro;

… Observando e refletindo sobre os ritmos, os cheiros, os sabores, as crenças, as atitudes, os desafios, as oportunidades destas latitudes;

… Desaprendendo o português e reaprendendo o espanhol e galego (está bem engraçado/divertido o remix que estou fazendo);

… Reinventando outra rotina diária nestes meses de andarilha por terras ibéricas;

… Honrando as minhas raízes e ancestralidade, o qual está trazendo reflexões internas;

… Iniciando a Lomi Lomi Nui devagarzinho mas com o meu olho brilhando a cada oportunidade;

… Confirmando que poderia ser tranquilamente vegetariana com direito a consumo de linguiça e algumas outras delícias de porco (hahaha);

… Me acostumando ao frio (e isso que o inverno não está forte este ano);

… e me organizando devagarzinho em vários níveis (as consultorias, a viagem ao Brasil (em um mês estarei por aí! :-)), os reencontros ibéricos, os sonhos ibéricos, as mensagens pessoais pendentes de resposta)…

E acho que por hoje, vou concluir estas reflexões/letras gerais dizendo que estou feliz e que sou muito grata pelas pessoas que nutrem a minha vida a cada lado do oceano…

Uma fria manhã de inverno (3 de janeiro de 2019)
Uma tarde de chuva de Domingo (20 de janeiro de 2019)
Esta entrada fue publicada en Sin categoría y etiquetada , . Guarda el enlace permanente.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *